terça-feira, março 31, 2015

No PS-Madeira já deu a volta

Em tempos escrevi, neste espaço, que o PS-Madeira e as suas lideranças são uma autêntica dança de cadeiras entre os seus mais influentes militantes. Chega a todos.
Desta feita a “sorte” grande deve passar por Carlos Pereira. Depois do descalabro eleitoral nas eleições do passado domingo, em que o partido socialista obteve um dos piores resultados de sempre, e queimada que está a liderança de Vitor Freitas á frente do PS/M, vem aí o colega/adversário/opositor/sucessor Carlos Pereira.
Apesar da estratégia delineada para a coligação ser errada, não só pela coligação com partidos antagónicos mas também pelo erro em ser Vitor Freitas o seu líder, parece-me que Carlos Pereira, que agora deve se candidatar ao PS-Madeira, nunca concordou mas não teve a coragem de o afirmar. Porque será? Afinal continuava na lista de deputados, em lugar elegível, e nesta roda de cadeiras onde todos podem ser líderes e onde ficam sempre os mesmos deputados, se calhar, não convinha declinar o convite.
A tarefa não será fácil para o próximo líder do PS, seja ele quem for, aliás será mais um líder a prazo, porque ser líder do PS com esta expressão e com uma imagem tão debilitada apenas servirá para não perder ainda mais espaço e protagonismo político.

Os ventos não sopram tempos de bonança para o PS/M que não soube, não esteve e não está preparado para ser uma alternativa na Madeira. A única coisa que os socialistas sabem, e bem, é repartir a liderança entre os seus, um dia todos chegam lá. Já deu a volta!  

sábado, março 21, 2015

CASOS E MAIS CASOS

As constantes polémicas em torno dos agentes políticos em Portugal são altamente prejudiciais para o espírito de solidariedade dos portugueses, que têm consentido todos os sacrifícios em nome de um futuro melhor, e para a credibilidade externa. 
O país não pode estar constantemente enredado em subterfúgios, em jogadas que sobrepõem os mais poderosos ao cidadão comum e a processos pouco transparentes que envolvem políticos. 
É tempo de um basta, mudar o que tiver de ser mudado, porque, polémica atrás da polémica, pode levar a que o país se torne uma anarquia. Mais exemplos não faltam, é tempo de mudar de frequência. 
Chegam de casos BPN, casos Marquês, listas VIP, etc etc. 

quarta-feira, março 18, 2015

REGIONAIS: Coligação Mudança esconde Coelho


Na caminhada da Mudança para as regionais do próximo dia 29 de março, é factual que, a todo o custo, este projeto de coligação esconde uma figura – José Manuel Coelho.
A estratégia, desta feita, é divulgar um hipotético Governo Regional em que, mais uma vez, deixa no baú um dos principais rostos da coligação- Sr. Coelho. Fica todo o protagonismo do PTP a cargo de Edgar Silva, ex-vereador da Câmara Municipal do Funchal.
Perguntam os eleitores: A coligação Mudança tem ou não uma matriz semelhante àquela que ganhou a Câmara do Funchal? Que estabilidade ofereceria, caso ganhasse, se formasse Governo? A soma de Edgar Silva, Bernardo Trindade, Carlos Pereira, Vitor Freitas, entre outros, daria uma soma positiva?
Não será fácil apagar as tristes recordações da dança das cadeiras na Câmara do Funchal e os episódios da luta pelo poder no seio do PS-Madeira. Agora com Photoshop e maquilhagem para uma foto de Governo parece tudo possível. E depois?  

Uma coisa é certa, o PTP de José Manuel Coelho é o único partido que ganhou as eleições antes do dia porque, nesta coligação, à boleia do PS, sem qualquer esforço nem custo, deverá ter três deputados na Assembleia Regional, o que não aconteceria se fosse só a eleições. Eclipsado ou escondido, José Manuel Coelho alcança os seus objetivos numa coligação que claramente prejudica o PS.

terça-feira, março 17, 2015

BOM OLHO: Estátua Palácio Justiça


Como diz um amigo meu, esta estátua não devia estar de braço para o ar mas sim a meia altura para dar palmadas aos infratores. 

segunda-feira, março 16, 2015

A Novela Sócrates

Um dos mais tristes episódios da justiça e da política nacional é o caso José Sócrates. O fenómeno mediático que enreda esta detenção é deveras caricato, começando pelo desfile de figuras públicas que, salvo erro, fazem nota à comunicação social para marcar presença e ter mais um momento noticioso, obviamente com palavras comprometedoras quanto à inocência do ex-primeiro ministro.
Acontece de tudo, até uma manifestação com mais de 100 pessoas em defesa da inocência de Sócrates sem conhecer o processo que o levou e mantém na prisão.
Como se não bastasse o advogado do arguido é um homem único, com estilo próprio e com um temperamento singular na relação com a comunicação social.  Porque vale a pena, partilho um dos episódios: 

A novela continuará até porque muitos serão ainda os motivos para espaços nos telejornais, para as manchetes dos jornais e as capas de revista, enfim justiça à portuguesa onde muito mói e pouco conclui. 

quarta-feira, março 11, 2015

ENSINAMENTOS: O corpo e a alma



O CORPO COMPREENDE E ADAPTA-SE, A ALMA NÃO. 

Este foi mais um dos grandes pensamentos que brotou de uma conversa de amigos. Tão verdadeiro, tão adequado, representa a elevação dos princípios e valores acima de TUDO e TODOS. Levo-o para a vida. 

terça-feira, março 10, 2015

BOM OLHO


A lua entre o céu e a terra 

ENSINAMENTOS: A morte explicada por uma criança com cancro

A simplicidade dos gestos e das palavras que se tornam imensos:

"Como médico cancerologista, já calejado com longos 29 anos de atuação profissional, posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes. Não conhecemos nossa verdadeira dimensão até que, pegos pela adversidade, descobrimos que somos capazes de ir muito mais além.


Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional... Comecei a frequentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria.

Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas inocentes do câncer. Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças.

Até o dia em que um anjo passou por mim! Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas químicos e radioterapias. Mas nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém, isso é humano!

Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.

— Tio, disse-me ela — às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores... Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!

Indaguei: — E o que morte representa para você, minha querida?

- Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é? (Lembrei das minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, com elas, eu procedia exatamente assim.) É isso mesmo.

- Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!

Fiquei "entupigaitado", não sabia o que dizer. Chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança.

- E minha mãe vai ficar com saudades - emendou ela.

Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:

- E o que saudade significa para você, minha querida?

Saudade é o amor que fica!

Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e simples para a palavra saudade: é o amor que fica!

Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas, deixou-me uma grande lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, a repensar meus valores. Quando a noite chega, se o céu está limpo e vejo uma estrela, chamo pelo "meu anjo", que brilha e resplandece no céu.

Imagino ser ela uma fulgurante estrela em sua nova e eterna casa.

Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que me ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudade! Oamor que ficou é eterno."

(Dr. Rogério Brandão, oncologista)


http://www.aleteia.org/pt/saude/artigo/a-morte-explicada-por-uma-crianca-com-cancer-terminal-5868612178935808

segunda-feira, março 09, 2015

BOM OLHO


Quando as máquinas de pagamento do estacionamento viram "peças" de arte pública. Bom exemplo de Marketing Comercial.  

sábado, março 07, 2015

RECORDAR É VIVER: O que fizemos e o que somos

Numa consulta aos arquivos encontrei este pequeno vídeo que diz muito de um tempo em que muitos jovens como eu partilharam os mesmos ideais, as mesmas causas, as mesmas preocupações e as mesmas amizades.
Foram tempos em que o sucesso de um era o sucesso de todos, onde tudo era possível, até mesmo abdicar de sonhos pessoais pelo outro, pelo coletivo.
Se muito conquistamos, se muito ajudamos o próximo, se  nos batemos pelas causas de juventude, também criaram-se muitas amizades que, felizmente ainda hoje continuam.

sexta-feira, março 06, 2015

POR SANTANA DENTRO: 100 anos de São Vicente de Paulo

100 ANOS DA CONFERÊNCIA DE SÃO VICENTE DE PAULO
A paróquia de Santana acolhe as comemorações dos 100 anos da conferência de São Vicente de Paulo. Um bem hajam a todos os que contribuíram para que este evento tivesse lugar no nosso Concelho, (pessoas individuais, empresas e instituições), fazendo votos que esta aposta seja um bom pronúncio para uma iniciativa de sucesso.

http://paroquiasdesantanaeilha.blogspot.pt/2015/02/centenario-da-conferencia-de-sao.html?spref=fb

Para ficarmos a conhecer melhor a Sociedade de São Vicente de Paulo deixo aqui um breve resumo recortado da sua página na internet- http://www.ssvp.pt/:
" Desde a simples oferta de «umas achas de lenha» - oferta inicial de Ozanam às famílias que primeiro visitou rm Paris - às ofertas de roupa, livros, medicamentos, ajuda na procura de empregos e internamentos, visitas a lares, hospitais, cadeias, ou à fundação das chamadas «obras especiais» (obras de acção especializada e individualizada, lares de 3ª idade, centros de dia, casas de trabalho, salas de estudo, cantinas, lares para jovens, creches, infantários, jardins de infância, colónias de férias, etc.), a acção vicentina procura ser a resposta oportuna para cada situação de sofrimento ou pobreza que se detecta - resposta mais ou menos imediata, ou de simples encaminhamento das situações mais difíceis para as vias possíveis de resolução, inquietando consciências indiferentes, apesar de responsáveis, mas com possiblidade de resposta às situações de pobreza e sofrimento.
A acção vicentina preocupa-se com a promoção do homem na sociedade através de um sentimento de afecto e respeito pela dignidade de cada pessoa, da oferta de amor, a que todos têm direito, da compreensão e receptividade a uma confidência ou a um desabafo, um conselho com uma palavra amiga, um olhar carinhoso, motivos de fé e de esperança."

quinta-feira, março 05, 2015

ALERTA: Uma economia que definha

A economia da Madeira continua a apontar para a deterioração. O riscos de sustentabilidade do Funchal Centrum é apenas um dos muitos exemplos.


Para onde caminhamos?
Que perspectivas de emprego?
Que medidas se apresentam para dar a volta a esta situação a curto prazo?
Que futuro para a vida em sociedade na Região Autónoma da Madeira?

As soluções tardam a aparecer e a mostrar-se estruturais, numa Região que não tem mais margem nem condições de criar a dinâmica da construção como teve no passado.  

Dia Mundial do Livro: o que recomendo

No Dia Mundial do Livro recomendo um dos melhores livros que já li:



Breve resumo:

«Em 1942 Espanha é um país encarcerado nos horrores da Inquisição. Uma época perigosa para professar um fé diferente. Centenas de milhar de judeus são expulsos, tendo a maioria sido assassinada antes de poder evadir-se. Yonah, o filho de quinze anos de um ourives de Toledo, vê o pai e o irmão morrerem nesses dias de terror. Mas, em vez de renunciar á sua fé, ou de partir para outro país, decide ficar e honrar as suas crenças. Assim começa a extraordinária viagem de Yonah por toda a Espanha, percorrendo o país em ziguezague, de forma a evitar os agentes da Inquisição...»


quarta-feira, março 04, 2015

ENSINAMENTOS: Quando as pessoas se revelam

Numa conversa entre amigos, e trocando impressões sobre várias circunstâncias apareceu esta frase que diz muito sobre o que o tempo e as vivências nos ensinam:

A MELHOR COISA É QUANDO AS PESSOAS REVELAM VERDADEIRAMENTE O QUE SÃO. ASSIM FICAMOS A SABER O QUE PODEMOS CONTAR. 

Não foi descoberta a pólvora mas foi um momento de introspecção importante para as atitudes que possamos tomar no futuro. 
 É não é que é uma grande verdade!

terça-feira, março 03, 2015

Quem dava alguma coisa por UMBADÁ


Umbadá foi a música que concorreu ao Festival RTP 1985. Há uns tempos atrás, se alguém dissesse que se tornaria viral nas redes sociais ninguém acreditaria. É viral e tem sido motivo para programas de rádio, nomeadamente na rádio comercial. 
É caso para dizer: nada que o tempo não dê o valor!

segunda-feira, março 02, 2015

MADEIRA 14-20- Janela de oportunidades



Foi apresentado na passada sexta, dia 27 de Fevereiro de 2015, o programa operacional da Região Autónoma da Madeira, Madeira 14-20, que perspectiva os apoios comunitários até 2020. 

São vários os mecanismos financeiros que apelam à iniciativa publica e privada e que poderão contribuir decisivamente para uma nova fase na economia da Madeira,  com consequências positivas, nomeadamente para uma sociedade empreendedora e inclusiva. 

São vários os indicadores que apontam para novas oportunidades, que incidem sobretudo em 5 vectores:
  • inovação, desenvolvimento tecnológico e energia
  • Formação de Competências
  • Sustentabilidade ambiental e coesão territorial
  • Coesão Social
  • Competitividade e internacionalização. 
Como notas positivas destaco o reforço dos apoios à promoção do emprego, a aposta na inclusão social e no combate à pobreza, o incentivo à utilização das novas tecnologias e o acesso às medidas por parte das entidades colectivas sem fins lucrativos. 

Porque há sempre uma veia empreendedora em todos nós, nunca é demais uma leitura atenta no documento que materializa apoios concretos. Por cada medida percorrida na leitura do documento há uma nova ideia que surge. Por cada página página do documento cresce a vontade de dar consequência a sonhos e a projetos.

Fica aqui o link do documento que recomendo vivamente: 
 http://www.idr.gov-madeira.pt/portal/Upload/Anexos/POR_RAM_14-20.pdf

UMA CAMISOLA DE PESO

Esta fotografia diz muito do peso e da dedicação a um clube chamado Sport Lisboa e Benfica. Pizzi protagonizou um momento histórico e de grande respeito pelo emblema e os seus adeptos. 
Ontem foi o seu aniversário 111º, comemorado com 6 golos frente ao Estoril que ficou a zeros. Parabéns ao Benfica, ao seu presidente e a Jorge Jesus. Neles está muito da Alma e dos resultados do clube nos últimos anos.