sexta-feira, janeiro 29, 2010

Impressionante!

45 Lições

ESCRITO POR REGINA BRETT, 90 ANOS.....

Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me
ensinou.

É a coluna mais requisitada que eu já escrevi.

O meu taxímetro chegou aos 90 em Agosto, então aqui está a coluna mais uma
vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiveres em dúvida, apenas dá o próximo pequeno passo.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo a odiar alguém.
4. O teu trabalho não vai cuidar de ti quando adoeceres. Os teus pais e
amigos vão. Mantém o contacto.
5. Paga as tuas facturas do cartão de crédito todos os meses.
6. Tu não tens que vencer todos os argumentos. Concorda para discordar.
7. Chora com alguém. É mais curativo do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem se ficares danado com Deus. Ele aguenta.
9. Poupa para a reforma começando com o teu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, a resistência é em vão.
11. Sela a paz com o teu passado para que ele não estrague o teu presente.
12. Está tudo bem se os teus filhos te vêem chorar.
13. Não compares a tua vida com a dos outros. Tu não tens ideia do que se
passa na vida deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, tu não deverias estar
nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não te preocupes, Deus nunca
pisca.
16. Respira bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Desfaz-te de tudo o que não é útil, bonito e prazenteiro.
18. O que não te mata, realmente torna-te mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só
depende de ti e de mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que tu amas na vida, não aceites NÃO
como resposta.
21. Acende velas, coloca lençóis bonitos, usa lingerie elegante. Não
guardes para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepara-te bastante, depois deixa-te levar pela maré...
23. Sê excêntrico agora, não esperes ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela tua felicidade além de ti.
26. Encara cada "chamado desastre" com estas palavras: Em cinco anos, vai
importar?
27. Escolhe sempre a vida.
28. Perdoa tudo a todos.
29. O que as outras pessoas pensam de ti não é da tua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dá tempo ao tempo.
31. Independentemente se a situação é boa ou má, irá mudar.
32. Não te leves tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredita em milagres.
34. Deus Ama-te por causa de quem Deus é, não pelo o que tu fizeste ou
deixaste de fazer.
35. Não faças auditorias da tua vida. Aparece e faz o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que a alternativa: morrer jovem.
37. Os teus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa no final é que tu amaste.
39. Vai para a rua o dia todo. Milagres estão à espera em todos os lugares.
40. Se todos jogássemos os nossos problemas numa pilha e víssemos os dos
outros, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Tu já tens tudo o que precisas.
42. O melhor está para vir.
43. Não importa como tu te sintas, levanta-te, veste-te e aparece.
44. Produz.
45. A vida não vem embrulhada num laço, mas ainda é um presente!!!

DIZEM QUE 93% DAS PESSOAS APAGAM ESTE EMAIL E APENAS 7% O REENCAMINHAM.
SÊ PARTE DESSES 7% E ENVIA ESTA LIÇÃO PARA OS TEUS AMIGOS...

7 Pecados Sociais

1) Fortuna sem trabalho;
2) Alegria sem consciência;

3) Conhecimento sem carácter;
4) Comércio sem moralidade;
5) Ciência sem humanidade;

6) Religião sem sacrifício;
7) Política sem princípios;

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Serrão “Voltei, Voltei”

A nova liderança do PS Madeira faz-me lembrar uma das músicas de Dino Meira que tem uma letra, que com algumas adaptações, encaixa bem a Jacinto Serrão:

“Voltei, Voltei

Voltei de lá

Ainda agora estava em Lisboa

E agora já estou cá”

Esta quadra retrata o timoneiro Jacinto Serrão, o rosto do PS Madeira, que após o combate eleitoral com Vitor Freitas volta a ser eleito líder do partido. Apesar da escolha maioritária dos militantes do Partido Socialista, antevendo ser a melhor solução, no meu ponto de vista esta é uma escolha errada. Justifico-o em três pontos essenciais:

1) Jacinto Serrão – Derrotado histórico do PS

Jacinto Serrão sofreu para o PS a pior derrota de sempre na Madeira, mais especificamente nas eleições legislativas regionais de 2007, que marcaram um plebiscito à Lei das Finanças Regionais, lei esta, extremamente prejudicial para o desenvolvimento da Região e que dificilmente os madeirenses esqueceram e perdoarão.

2) Jacinto Serrão – Compadecente com os ataques políticos à Madeira

Jacinto fez parte do grupo de deputados na Assembleia da República que ofereceram o boletim de voto parlamentar a José Sócrates, para que pudesse utilizar como bem quisesse para que com medidas de Estado pudesse prejudicar as opções políticas do Povo da Madeira.

3) Jacinto Serrão – Sem fulgor de líder

O revalidado líder do PS Madeira já tinha demonstrado que não tem carisma nem estofo para ser o rosto do maior partido da oposição na Região Autónoma da Madeira. A anterior passagem pela liderança do PS iniciou um ciclo de descrédito e de perda de terreno para com o PSD, e até mesmo com outros partidos da oposição regional, daí um erro estratégico.

Estes são alguns motivos que denunciam que o PS pode vir a perder cada vez mais terreno no espectro político regional e podendo até ser ultrapassado pelo CDS/PP. Os tiros nos pés são tantos e exige ao PS e aos seus militantes uma reflexão profunda sobre as suas opções e o seu futuro. Na verdade temos de estar bem cientes que os outros partidos existentes no panorama regional agradecem o pântano e as divisões internas no PS Madeira.

O PS Madeira para mudar de rumo precisa de redefinir as suas prioridades, mas também necessita de dar um murro sobre a mesa para com o partido nacional, que elegeu a Madeira e Alberto João Jardim como o seu inimigo político número um. Os madeirenses já entenderam esta disputa partidária e não estão dispostos a pagar uma factura que apenas envaidece o Secretário Geral do PS.

Para os madeirenses puderem confiar o voto ao PS precisam por um lado de um sinal claro e destacado da asfixia e do ataque da Madeira pelo PS Nacional, e por outro de um grupo de políticos que fomentem a credibilidade, e que mais do que satisfazer os barões nacionais do partido, possam defender com “garra” os madeirenses e os seus direitos.

sábado, janeiro 09, 2010

E o PS?

Não sabia que o PS Madeira tinha tão poucos militantes....
E desta vez quem sai na cartola? O NOVO Jacinto ou o NOVO Vitor Freitas...
Ora sai ora entra, ora está ora não está. Sempre os mesmos.
Será que não interiorizam que não funciona, que não vale a pena inverter papéis!

Este PS Madeira merece um grande estudo.

segunda-feira, janeiro 04, 2010

Manuel… Inapto para os Ídolos

Confesso não ser um apreciador do programa ídolos da SIC. Não aprecio por se tratar de um programa que, do meu ponto de vista, em vez de promover e descobrir talentos, aniquila e que faz com que muitos jovens por cinco minutos de fama recebam as críticas mais duras e infundadas.



Ontem, na gala deste mesmo programa, assisti ao que de mais rasca se pode ver num programa de entretenimento para muitas famílias portuguesas, quando um elemento do júri, de nome Manuel, dirigiu ao concorrente Carlos Costa, um dos concorrentes do programa, as críticas mais estapafúrdias, mais desumanas e destruidoras.




Para além de se dirigir ao jovem artista com as mais duras críticas relativamente às escolhas musicais, denominando-as “azeiteiras” e “foleiras”, insultou o público que não apreciou as críticas injustas de Manuel e acrescentou "que Portugal não precisa de Ídolos como Carlos Costa", execrável!



Por considerar que a conduta do júri Manuel não dignifica a televisão portuguesa e o entretenimento e porque estamos perante uma grande injustiça para com Carlos Costa e vamos todos apoiar este artista e dar uma grande lição a um homem pequeno!



Circule este texto, divulgue nas redes sociais e em plataformas electrónicas para que se reponha a justiça.



Carlos Costa Rumo à Vitória ligue:

760300508

Talento de Primeira