quinta-feira, julho 21, 2005

A Fatalidade de Um Governo!...

O nosso governo socialista acaba por superar as expectativas e já anda desorientado. Se calhar teremos eleições à porta.
Começam a surgir as primeiras convulsões internas deste governo, um governo que prometia estabilidade, crecimento e responsabilidade. Aconteçe é que alguns membros do governo têm vindo ao público demonstrar a insatisfação pelo rumo perigoso que o nosso país está a tomar. Se calhar os portugueses esperavam melhor.... Se calhar era impensável um governo que sai sólido, forte e com uma maioria absoluta das eleições legislativas pudesse ver remodelações governamentais e em pastas tão importantes como a pasta das finanças.
Resta-nos esperar pelo governo que optou pelo silêncio no inicio do mandato, mas que agora começa a deixar sair algumas informações. Informações pouco animadoras e que demonstram que este governo está à deriva e que certamente não conseguirá tomar pulso aos desafios que se exigem de Portugal.
Na verdade falar é fácil e criticar os governos anteriores também, contudo e apesar das dúvidas que sempre me suscitou o estilo do chefe do governo, esperava mais e melhor. Muitas vezes na política a demagogia ultrapassa a acção e a acção para alguns governos é a demagogia.
Como português exigo maior responsabilidade e anseio por respostas cabais aos problemas do país por parte deste governo. Não posso pactuar com um governo que promete e não cumpre, um governo amorfo e sem linha de orientação.
Não posso pagar a factura da irresponsabilidade, e dos desentendimentos de um governo que quis dar imagem de credibilidade mas que está a levar os portugueses à deriva, na rota do desemprego, da pobreza, da crise, da insatisfação e da marginalidade.
Chega de brincar.... o nosso país tem de mudar!